Salário mínimo 2020: Valor de deve ficar em R$ 1031

O governo federal do Brasil, reduziu a previsão do salário mínimo 2020 em R$ 8 e a informação foi divulgada oficialmente através do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) nesta terça-feira (26/11). Para o próximo ano teremos um mínimo federal de R$ 1031.

Em agosto a PLOA previa que o salário mínimo de 2020 seria de R$ 1039, logo após a primeira projeção do ano que ficaria em R$ 1040 para “facilitar os pagamentos”.

Porém o valor foi revisado neste mês de novembro e a estimativa de inflação segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), foi reduzida de 4% para 3,5%. Até 2019 o governo leva em consideração o índice para reajustar o mínimo do ano seguinte.

Ganho real

Para o próximo ano o aumento não terá um ganho real aos atuais R$ 998. Está proposto apenas a correção da inflação. Com isso o salário terá o mesmo valor econômico do que em 2019, porém muitos especialistas apontam que o poder de compra será menor, tendo em vista o aumento efetivo de itens da cesta básica e contas fundamentais para o brasileiro como água, luz e gás de cozinha.

Governo Bolsonaro

O governo informou que a redução na projeção da inflação causa impacto no valor de benefícios sociais e principalmente no salário mínimo, sendo o “guia” para milhões de trabalhadores e beneficiários do INSS, Bolsa Família e outros elementos financeiros.

Esta proposta de um mínimo em R$ 1031, foi feita por Paulo Guedes e toda sua equipe econômica do ministério. A proposta deve representar uma mudança em como vem sendo feito os aumentos adotados por lei desde 2007, quando os governos do PT determinavam uma revisão sobre o mínimo levando em consideração também o PIB de 2 anos anteriores + a inflação.

Esta lei determinava que o mínimo teria um ganho real sempre que a economia fechasse em superávit, mas não foi o que aconteceu nas últimas gestões. O modelo venceu no dia 1º de janeiro de 2019.

Previsões para 2020

Assim como a inflação foi reduzida neste ano e a economia começou a engatinhar para frente, houve um aumento na estimativa de crescimento para 2020, passando de 2,17% para 2,32%.

O dólar por outro lado, como já estamos vivendo neste fim de ano, sofreu um aumento na estimativa geral de R$ 3,80 para R$ 4.

Toda a divulgação oficial foi feita pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues.

Categorias Notícias

Deixe um comentário